Ao longo deste último ano e meio, tenho vindo a mencionar em alguns posts, acerca de ser diferente por ter uma doença.

Não é um assunto que goste muito de falar, e até hoje não mencionei o nome da doença que tenho , porque não me sentia muito confortável me expor temendo ser alvo de sentimentos de pena , coisa que eu detesto!

Ontem escrevi um post sobre a toma da terceira dose da vacina do COVID-19 , precisamente por pertencer a um grupo de risco . Após refletir um pouco sobre dizer o nome da minha doença ou não , decidi que iria dizer o seu nome.

O nome da minha doença é um linfoma que se encontra na medula óssea e que me foi deixado como herança genética por parte da minha avó paterna, como já havia referido-

O nome em si assusta , sim verdade pois quando se trata de algo que não tenha cura e que nos coloque em risco de vida , creio que não existam heróis , e eu nunca me senti como um.

Apenas aprendi a ter uma postura muito diferente na vida , e é realmente um processo grande com vários altos e baixos a todos os níveis , mas principalmente a nível físico , pois um dos principais e predominantes sintomas é o cansaço extremo , mesmo logo ao despertar independemente das horas de sono que tenha dormido . Outro que é bastante desagradável é a perda de peso .

Eu lido com esta realidade desde o ano 2001, quando comecei a ficar doente e me foi diagnosticado um cancro no colo do útero , que “acordou ” aquilo que mais cedo ou mais tarde iria acordar no meu organismo , o linfoma.

Como já escrevi , não é fácil ter noticias como estas , ninguém está preparado para tal , muito menos com 26 anos de idade como foi o meu caso!

Por várias vezes também escrevi , demonstrando a minha indignação por ter que lidar além da minha doença , com discursos e comentários verdadeiramente maldosos por parte de algumas pessoas que indiretamente passem pela minha vida , sinceramente é desgastante saber que nos estão sempre a fazer o funeral e em forma de conselhos outros tantos dentro do mesmo género.

Para conseguir sobreviver a tudo isto , tive que me reeducar tornando me mais fria , mais arrogante até certo ponto , pois acreditem que é difícil ouvir determinadas coisas principalmente quando nos encontramos a lutar pela nossa própria vida , e foi precisamente o que me aconteceu há quase quatro anos atrás quando fui submetida a uma cirurgia de risco , levou me a um esgotamento total , físico , emocional e psicológico no período do meu pós operatório!

Esta é a minha realidade , apenas a minha pois nunca obriguei ninguém a nada .

Não é fácil , posso vos garantir mas não é impossível ultrapassar as várias fases e danos da minha doença , mas eu possuo algo que me fez chegar até aos dias de hoje , força de viver !

Por esta razão é que me considero uma guerreira, provavelmente agora é mais fácil entenderem o nome que dei á minha página , REDWARRIOR .

Red significa sangue , e Warrior significa guerreira !

Sou quem sou , não sou nem mais nem menos que vocês que estão desse lado a ler o meu post , apenas sou diferente pois assim a vida o exige de mim!

Obrigado a todos , espero que tenham gostado , até breve!

Reklamlar

Bir Cevap Yazın